segunda-feira, 1 de junho de 2009

e BIBA o futebol .........


Não tenho nada contra este desporto, mas irrita-me profundamente todo o alarido provocado á sua volta.

Senão vejamos: Vivemos tempos conturbados, problemáticos com despedimentos em massa, empresas em layout, gente que não tem o que comer e onde dormir, greves e manifestações em praticamente todos os sectores da economia, e ..... gastam balurdios com o futebol.

Alguém já parou para pensar que as transacçõesa de futebolistas é o trafico de carne humana dos tempos modernos? ok ok eu sei que eles ganham fortunas com isso, mas não deixa de o ser. Numa era em que a maioria das pessoas subsiste de forma quase desumana, em que todos os dias vemos miserias infiindáveis nos noticiarios, como podemos ficar impávidos e serenos com os valores que são gastos á conta deste desporto? não haverá outros desportos que necessitassem de uma "Migalhas" também? Que outro desporto tem honras de transmissão de televisão de horas, programas de todo o gênero e feitio e para todos os gostos? Será que eu sou obrigada a levar com tudo isto? NÃO NÃO SOU ......... mas pensando bem, é isto que nós queremos, alguma coisa que nos faça esquecer os problemas com o banco, a sáude, a educação etc etc....., que nos faça beber umas cervejolas e gritar a plenos pulmões Biba o futebol para nos abstrairmos do quão podre anda o nosso país. E o Governo agradece podem crer, é que enquanto o Zé Povinho falar de Futebol, todas as questões essenciais ficam para depois. Tenho dito

2 comentários:

Anne disse...

completamente de acordo... mesmo as crianças hj em dia so querem ser futebolistas... mas nao param para pensar que nao sao todos cristianos e nao vao tds ganhar fortunas... e claro que os valores sao absurdos mas sao casos "raros" pois em milhares de jogadores e centenas de clubes apenas uma mao cheia ganha esse dinheiro, e mais com campanhas publicitarias do que propriamente de salario... mas que nao deixa de ser uma vergonha nao.....

Saltos Altos Vermelhos disse...

Concordo plenamente! E é vê-los a nem saber falar e a ganhar fortunas por correrem atrás de uma bola! é injustiço! Muito mesmo!